Buscar
  • Sérgio Ferreira

Será que as redes sociais podem te atrapalhar em um processo seletivo?




Nossa vivência como consultoria mostra que não é incomum que pessoas que estão te avaliando passem pelas redes para obter alguma informação adicional. Seja ela o Instagram, Facebook, Tik Tok ou mesmo o LinkedIn. O conjunto de suas postagens pode revelar algum aspecto que não seja compatível com o que determinada empresa busca.


Nas redes as pessoas expõem um conjunto de interesses, experiências, crenças e valores. Demonstram como pensam, o que fazem e do que gostam. E a avaliação por parte dos recrutadores costuma acontecer antes do convite para a entrevista. As empresas buscam entender se o profissional está de acordo com o Fit Cultural da organização, que é um alinhamento entre os valores da empresa e do candidato.


O que costuma ser reprovado nessas análises?

Comportamentos abusivos, discriminatórios, extremos, abuso de álcool e drogas.


E como as redes podem contribuir de maneira positiva?

Principalmente no Linkedin, um perfil bem montado, com foto adequada, boas recomendações, avalições de habilidades, e interesses certamente já irão gerar um ponto positivo para o candidato.


Senso assim, recomendamos que você utilize seu bom senso para expor seus interesses de maneira inteligente para que as redes joguem a seu favor.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo